Dicas para melhorar o ambiente de trabalho

Prevenção é o melhor remédio:

As posturas inadequadas, que advém de um posto de trabalho mal dimensionado, ou que não se ajuste às variações antropométricas de cada indivíduo, e os movimentos repetitivos são alguns dos fatores que mais predispõem o aparecimento das LER/DORT.

No entanto, não se deve esquecer da organização do trabalho, que eventualmente pode estar por trás desta patologia. Os ritmos excessivos, a postura rígida, a ausência de pausas, a pouca liberdade do trabalhador, além da pressão pelos superiores, são contribuições para o surgimento das LER/DORT.

A ergonomia é a ciência que visa a adaptar as condições de trabalho às características do trabalhador. A título de exemplo, num posto de trabalho com computador, devem ser observados os seguintes aspectos:

a altura da cadeira ideal deve ser de 48 a 58 cm;
o encosto deve estar a 110° do assento;
possuir apoio para a região lombar e dorsal;
os pés do trabalhador devem ter contato completo com o chão ou apoiados em suporte específico;
as coxas do trabalhador permaneçam paralelas ao piso;
o trabalhador deve estar próximo da superfície de trabalho;
os braços do trabalhador devem ficar apoiados.

monitor - a altura ideal deve ser de 110 cm;
a altura ideal da 1ª linha escrita deve ser de 155 cm;
a tela deve estar ao nível do horizonte ou levemente abaixo;
o trabalhador deve localizar-se frontalmente;
a iluminação deve ser adequada;
usar filtro no caso de brilho excessivo;
o trabalhador deve estar a 60 cm.

O teclado e mouse
os cotovelos do trabalhador devem permanecer em ângulo de 90°;
devem localizar-se próximos e na frente do trabalhador;
os punhos do trabalhador devem ficar retos.

Mais algumas formas de prevenção:

Aceita-se que as LER/DORT sejam curáveis, principalmente nos primeiros estágios.

VOLTAR